Tradutor

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Requalificação da envolvente do Aquanatur em Vidago custará 2,04 milhões de euros


O Município tem vindo a desenvolver várias iniciativas visando potenciar as especificidades turísticas e termais da vila de Vidago, tendo em conta os recursos associados às águas termais e à riqueza paisagística e arquitetónica de Vidago.

Entre as várias iniciativas constam ações como a requalificação da envolvente do Aquanatur (intervenção nas Alamedas Conde Caria, António Viana, Teixeira de Sousa, Rua João Oliveira e na área envolvente do Balneário Termal), a “Vidagus Termas” e o Balneário Pedagógico de Investigação de Vidago. A primeira obra (Aquanatur) foi entregue ao empreiteiro dia 27 de Novembro, a segunda (Vidagus Termas) no dia 21 de Outubro e a terceira (novo Balneário Termal) no dia 6 de Dezembro.
A empreitada foi adjudicada à empresa SINOP – António Moreira dos Santos, S.A, pelo valor de 2,04 milhões de euros, devendo ficar concluída no prazo máximo de um ano.

O projeto de requalificação da envolvente do Aquanatur visa restabelecer o eixo estruturante entre o novo Balneário Termal com a entrada do Vidago Palace, propondo-se o nivelamento da via e passeios, bem como o revestimento da praça junto ao edifício do Balneário que interliga o edifício Termal e a Rua João Oliveira, promovendo assim a circulação pedonal ou de bicicletas, sendo um espaço de charneira com a ecopista que se pretende materializada no espaço canal da antiga linha do comboio. Para as alamedas Conde Caria e António Viana prevê-se a recuperação do perfil existente, mantendo-se o trânsito nos dois sentidos, integrando-se numa faixa da via, o estacionamento, entre as caldeiras das árvores.



Sem comentários:

Enviar um comentário