Tradutor

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

NADIR AFONSO

Chaves decreta dois dias de luto em memória do mestre




A cidade de Chaves, terra natal do mestre Nadir Afonso, que faleceu hoje aos 93 anos, vai decretar dois dias de luto e inaugurar, em julho, a fundação com o seu nome para perpetuar a sua memória.

«Chaves e o país perderam hoje um homem notável e com uma obra ímpar. Ficamos mais pobres», afirmou à Lusa o presidente da Câmara de Chaves, António Cabeleira.
Na opinião do autarca, Nadir Afonso era um dos artistas «mais conceituados e notáveis» do mundo, pelo que a sua perda é «enorme» e a arte fica mais pobre.

Fonte: Diário Digital / Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário