Tradutor

sexta-feira, 21 de setembro de 2012


Misericórdia de Chaves promove Dia do Idoso das IPSS

Cerca de duas centenas de idosos de instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho de Chaves estiveram reunidos no passado sábado, no Jardim Público, para assinalar o Dia do Idoso das IPSS. Uma iniciativa da Santa Casa da Misericórdia de Chaves que contou com a colaboração ativa de todas elas.


O programa teve início com a eucaristia campal presidida pelo sacerdote Valdemar Correia e coadjuvada pelo sacerdote Delmino Fontoura, contando com a colaboração do Grupo Coral da Igreja Matriz de Chaves.
Depois do lanche de confraternização seguiu-se uma tarde de convívio onde não faltou animação, dança e muita música com a participação da Casa de Cultura de Vidago – Grupo Cena Livre, grupo de crianças e educadores do Jardim de Infância Hugo e Vanessa, da Misericórdia de Chaves, Grupo de Danças e Cantares Regionais de Santo Estevão e dois cantores de fado oriundos da Vila de Vidago.
À iniciativa da Misericórdia juntou-se José Rebelo, diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Vila Real, cuja entidade reconhece o papel das IPSS e o esforço crescente das ações sociais que desenvolvem junto das populações.

O provedor da Misericórdia de Chaves, João Paulo Abreu, dirigiu as primeiras palavras de agradecimento ao Diretor do Centro Distrital da Segurança Social “pelo apoio que tem prestado à Santa Casa”. Enalteceu “o espírito de colaboração” entre as diversas direções presentes nas IPSS locais, com a atual Mesa Administrativa da Santa Casa, “esperando que este espírito de entreajuda se intensifique no sentido de proporcionarmos momentos de alegria e de convívio entre a população que estas instituições de solidariedade social serve”, referiu.

Testemunhos

Francisco Loureiro prestes a completar 80 anos admite que sempre gostou de se divertir. “Fui sempre amigo de fados e guitarradas e ainda hoje gosto,” disse o utente, residente no Lar Nossa Senhora da Misericórdia há cerca de dois anos e meio. “Sou estimado mas também sei estimar as pessoas que lá estão”, acrescentou.
Com 78 anos e a residir no Resort Sénior de Chaves, Águeda Ribeirinha confessa que nunca assistiu a nada do género num espaço que considera “maravilhoso pelo jardim, as árvores, um local airoso que convida mesmo a um encontro saudável”, referiu.
Participaram no evento: Centro Social Abobeleira – Valdanta, Resort Sénior – Flavicórdia, Centro Social e Paroquial de S. Tiago de Mairos, Associação de Santo António de Monforte, Lar do Bom Caminho – Calvão, Casa Santa Marta e Residencial Geriátrica de Chaves.
Cada IPSS recebeu, da Misericórdia de Chaves, um certificado – menção honrosa de participação.
A instituição contou ainda com o apoio logístico do Município de Chaves – Associação Chaves Viva e da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

Assistência social à comunidade

A Santa Casa da Misericórdia de Chaves concentra diversas respostas sociais no campo da população adulta – pessoas idosas e pessoas em situação de dependência, e na área da infância e juventude.
Atualmente na área da população adulta presta apoio a 465 pessoas integradas em lares, centros de dia, serviço de apoio domiciliário, cuidados continuados integrados e cantinas sociais.

Sandra Gonçalves


Fonte: Diario @tual

Sem comentários:

Enviar um comentário